Notícias

CAIXA QUER JURO DE CRÉDITO IMOBILIÁRIO PREFIXADO ENTRE 8% E 9% AO ANO

14/02/2020 - CAIXA QUER JURO DE CRÉDITO IMOBILIÁRIO PREFIXADO ENTRE 8% E 9% AO ANO

noticias

A Caixa Econômica Federal já bateu o martelo quanto aos juros que serão cobrados na nova modalidade de crédito imobiliário, sem correção, conforme apurou o jornal O Estado de São Paulo/Broadcast. As taxas mínimas devem começar entre 8% e 9% ao ano e o banco da habitação mira, de acordo com fontes próximas à instituição, bater a marca dos R$ 10 bilhões em empréstimos na linha prefixada para a compra da casa própria no primeiro ano de operação. O lançamento do crédito imobiliário sem correção ocorrerá na próxima semana, em cerimônia no Palácio do Planalto. Deve contar com a presença do presidente Jair Bolsonaro, em evento similar ao do anúncio do financiamento com lastro no índice de inflação, o IPCA, realizado em agosto de 2019. O evento, que estava previsto para março, foi antecipado por causa do processo de abertura de capital da Caixa Seguridade, holding de seguros do banco. Há um mantra nos corredores da instituição: foco no IPO (oferta pública inicial de ações, na sigla em inglês). Nesse primeiro ano de governo, o presidente da Caixa, Pedro Guimarães, e Bolsonaro estreitaram relações. O executivo passou a acompanhar o presidente em viagens e também em algumas das tradicionais “lives” de Bolsonaro, feitas às quintas-feiras. O foco da Caixa, conforme fontes, é mostrar que o banco tem “segurança” e “tranquilidade” para lançar a nova modalidade de crédito imobiliário, uma aposta para ampliar esse tipo de crédito no País. Com o lançamento, a Caixa passa a oferecer a seus clientes três modalidades de crédito imobiliário: taxa referencial (TR) mais juros; com lastro no IPCA e sem correção. A ideia do banco, conforme uma fonte, é oferecer taxas diferenciadas conforme os prazos da linha prefixada. Os financiamentos de 20 anos, por exemplo, terão juros serão mais atrativos do que os empréstimos de 30 anos. Ofensiva. O lançamento do crédito imobiliário sem correção é também mais uma ofensiva da atual gestão da Caixa de confrontar a linha tradicional, que cobra juros mais TR. O presidente do banco tem chamado a atenção para o tema de forma recorrente. Ele diz que a TR está zerada, mas que isso pode mudar, o que representaria um risco para os bancos. Durante evento no fim de janeiro, o presidente da Caixa confirmou que a perspectiva do banco é de que os juros da modalidade prefixada ficassem abaixo de 10% ao ano. Disse ainda que, embora a oferta do banco compreenda prazos mais longos, a expectativa era a de que o prazo médio ficasse ao redor dos 8,5 anos. Entre os bancos privados, o crédito prefixado é visto com mais bons olhos do que o com lastro no IPCA. Questionado pela reportagem, o Bradesco informou que estuda a nova modalidade. Já o Itaú Unibanco afirmou que não tem planos de operá-la no curto prazo, mas que está sempre atento aos movimentos do mercado. “O crédito imobiliário prefixado desperta mais interesse que o IPCA porque é mais seguro aos clientes. O risco é da curva de juros, que fica com o banco e a tesouraria tem como controlar, ao menos no cenário atual”, diz o executivo de um grande banco, na condição de anonimato. Em outra frente, afirma uma fonte, o presidente da Caixa também defende, nos bastidores, que os juros da linha TR caiam mais, considerando o atual patamar dos juros básicos no País, a Selic. A taxa sofreu um novo corte na semana passada, caindo para o nível histórico de 4,25% ao ano. Com a ofensiva nos juros, a Caixa retomou, no ano passado, o posto de líder no crédito imobiliário com recursos da poupança (SBPE), ao conceder R$ 26,6 bilhões em 2019, em comparação a R$ 13,3 bilhões no exercício anterior, conforme dados da Associação Brasileira das Entidades de Crédito Imobiliário e Poupança (Abecip). Assim, desbancou, o concorrente Bradesco – líder em 2018, com cerca de R$ 17,9 bilhões, seguido por Itaú Unibanco, com R$ 16,7 bilhões. Procurada, a Caixa não comentou. Disse que as taxas da modalidade prefixada ainda estão sendo fechadas. As informações são do jornal O Estado de S. Paulo.




Fonte: Folha de São Paulo

Outras Notícias

Condominio Florestinha Casa na Planta

Mais uma família realizando o sonho da Casa da própria. A família Diogo e Deise fechando contrato na imobiliária com ...

Tradicional ou 4.0? Maturidade digital dos profissionais de vendas no Brasil

empos de transformação digital exigem uma revisão completa de práticas e processos nas empresas. E o que muda na forma de ...

Morar perto do metrô: 6 benefícios para escolher sua próxima residência!

Você tem perdido o horário todos os dias, não consegue tempo para passar com a família e nem para se exercitar direito? Mel...

Contrato assinado Caixa Econômica Federal Central Park Caixias

É com Grande satisfação que o Casal Angélica e Isaac efetuaram a assinatura de Contrato com Caixa para o empreendimento C...

Prevenção e combate de incêndios no condomínio

Prevenção e combate de incêndios no condomínio Todo mundo sabe que não dá para brincar...

Realizção Vanessa Ciam Inhaúma

Apartamento para Venda, Rio de Janeiro / RJ Ref: Spazio Roosevelt, bairro Colegio, 2 dormitórios, 1 banheiro, 1 garagem Mais uma Famil...

Bancos disputam Crédito Imobiliário

Bancos disputam crédito imobiliário Após redução da Selic, instituições privadas brigam por vice-l...

Avaí x Flamengo no Mané Garrincha

AVAÍ X FLAMENGO 07/09/2019 AS 17:00 HS... Festival de comida japonesa estava agendado para o dia 7 de set...

Isso a Globo não mostra

O outro lado da notícia. Repórter da Globo foi fazer uma matéria sobre fila de hospital e uma pessoa que estava na fila deu sua...

Flamengo: R$ 200 mi em contratações e sem acordo com vítimas de incêndio

Seis meses depois da tragédia no Ninho do Urubu, clube só acertou indenizações com familiares de três das dez v&iacu...

icone-whatsapp 1

Sobre Nós

Contato

  •   Avenida Independência 9987, Unamar,Cabo Frio, RJ

  •   (22) 2643-6074 - (21)96861-2411

  •   de Segunda à Sexta 09:00 hs às 21:00 hs e Sábado de 09:00 às 17:00 hs

  •   Fale Conosco

www.feiraodecasas.com.br © 2021. Todos os direitos reservados.

Site para Imobiliarias
Site para Imobiliarias